Notícias

24/01 22h15

Três capixabas confirmados no QS 6 mil em Fernando de Noronha

É com grande alegria e orgulho que o Surfvix anuncia em primeira mão que 3 atletas do surf profissional do Espírito Santo estão confirmadíssimos para a primeira etapa valendo 6 mil pontos no WQS de 2019 que será em Fernando de Noronha, são eles: Krystian Kymerson, Rafael Teixeira e Lysandro Leandro. (ordem no ranking QS)


Krystian Kymerson na Califórnia / 2018 I Foto Instagram

Todos já garantiram suas vagas e confirmaram suas presenças num dos eventos mais importantes do ano em solo brasileiro, válido pelo WQS.


Rafael Teixeira I Foto Instagram

Krystian e Rafael, devido ao seed de ambos (posição no ranking e participação em outros eventos da WSL), já tinham direito à vaga e esperavam apenas a confirmação do evento, que foi anunciada em dezembro do ano passado (2018).

Já Lysandro aguardou ansioso pela oportunidade, pois ele dependia do seed e confirmação de outros atletas do ranking para saber se conseguiria ou não a tão sonhada vaga nessa etapa que abrirá os eventos 6 mil do ano de 2019.


Lysandro Leandro I Foto: Gilberto Moulin

”Hoje eu recebi a notícia da Cleide da WSL, confirmando minha vaga, que poderei então disputar o QS em Noronha. Estou muito feliz e quero surfar o meu melhor nas baterias, pegar os melhores tubos que com certeza quebrarão na ilha e se Deus quiser trazer o melhor resultado”comentou ele por áudio no WhatsApp com a redação do Surfvix.

E completou: ”Quero seguir em frente nos meus objetivos que é chegar no meio do ano com bons pontos no WQS e quem sabe conseguir o direito de disputar os eventos PRIME” (valem 10 mil pontos no ranking de acesso).

Com isso iniciamos o ano de 2019 com essa tropa de elite do surf capixaba batalhando em busca da sonhada vaga no WT.

SOBRE O QS EM NORONHA

O Hang Loose Pro Contest, um dos mais tradicionais eventos do Circuito Mundial, está de volta ao paradisíaco e preservado arquipélago de Fernando de Noronha, no Nordeste do Brasil. A notícia mais esperada por todos os surfistas a cada ano, tanto pela qualidade de ondas (tubulares) quanto pelas belezas naturais do lugar, foi confirmada pelo empresário Álfio Lagnado, proprietário da Hang Loose e, sem dúvida, um dos maiores entusiastas do surf brasileiro.


Cacimba do Padre / Fernando de Noronha I Foto: Aleko WSL

O Hang Loose Pro Contest 2019 terá status QS 6000 do Circuito Qualifying Series, da World Surf League (WSL), valendo importantes 6 mil pontos na disputa pelas dez vagas para a elite mundial logo no início da temporada. Isso atrairá surfistas de vários países e será uma grande oportunidade para os melhores atletas do País. A competição será realizada na praia da Cacimba do Padre, de 19 a 24 de fevereiro, período que a ilha recebe grandes ondulações, com os tubos mais perfeitos do Brasil. Outro atrativo é a premiação de US$ 130 mil, sendo US$ 25 mil ao vencedor.

TODOS OS CAMPEÕES DO HANG LOOSE PRO CONTEST

1986 – Dave Macaulay – Austrália, na Praia da Joaquina, em Florianópolis/SC

1987 – Tom Carroll – Austrália, na Praia da Joaquina, em Florianópolis/SC

1988 – Tom Carroll – Austrália, na Praia da Joaquina, em Florianópolis/SC

1989 – Glen Winton – Austrália, na Praia da Joaquina, em Florianópolis/SC

1990 – Fábio Gouveia – Brasil (Paraíba), na Praia das Pitangueiras, em Guarujá/SP

1991 – Nicky Wood – Austrália, na Praia das Pitangueiras, em Guarujá/SP

1992 – Nicky Wood – Austrália, na Praia das Pitangueiras, em Guarujá/SP

1993 – Joey Jenkins – Estados Unidos, na Praia das Pitangueiras, em Guarujá/SP

1994 – Matt Hoy – Austrália, na Praia das Pitangueiras, em Guarujá/SP

1995 – Peterson Rosa – Brasil (Paraná), na Praia das Pitangueiras, em Guarujá/SP

1996 – Fábio Silva – Brasil (Ceará), na Baía de Maracaípe, em Ipojuca/PE

1997 – Marcelo Nunes – Brasil (Rio Grande do Norte), na Baía de Maracaípe, em Ipojuca/PE

1998 – Armando Daltro – Brasil (Bahia), na Praia de Gaibú, em Cabo de Santo Agostinho/PE

1999 – Richard Lovett – Austrália, na Baía de Maracaípe, em Ipojuca/PE

1999 – Peterson Rosa – Brasil (Paraná), na Praia de Maresias, em São Sebastião/SP

2000 – Guilherme Herdy – Brasil (Rio de Janeiro – na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2000 – Crhistiano Spirro – Brasil (Bahia) – na Praia de Maresias, em São Sebastião/SP

2001 – Fábio Silva – Brasil (Ceará), na Praia da Cacimba (com finais no Abras), em Fernando de Noronha/PE

2002 – Victor Ribas – Brasil (Rio de Janeiro), na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2003 – Neco Padaratz – Brasil (Santa Catarina), na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2004 – Warwick Wright – África do Sul, na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2005 – Bobby Martinez – Estados Unidos, na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2006 – Jean da Silva – Brasil (Santa Catarina), na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2007 – Aritz Aranburu – Espanha, na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2008 – Raoni Monteiro – Brasil (Rio de Janeiro), na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2009 – Bruno Santos – Brasil – Brasil (Rio de Janeiro), na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2010 – C. J. Hobgood – Estados Unidos, na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2011 – Alejo Muniz – Brasil (Santa Catarina), na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2012 – Miguel Pupo – Brasil (São Paulo), na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha/PE

2016 – Kanoa Igarashi – Estados Unidos, na Praia da Joaquina, em Florianópolis/SC

2017 – Deivid Silva – Brasil (São Paulo), na Praia de Maresias, em São Sebastião/SP

Por Administrador
Compartilhar

Veja também

As finais do Mundial de Surf batem recorde de audiência na história da World Surf League

continue lendo

Mais um dia épico em Regência, 15/09/2021

continue lendo

Medina pensa em pausar as competições em 2022, entenda

continue lendo

Meninas surfam em Regência clássica!

continue lendo

Comentários:

Instagram