Notícias

08/05 12h42

Baterias definidas para o WT do Brasil

A World Surf League definiu os confrontos da primeira fase do Oi Rio Pro 2018, etapa brasileira do Championship Tour que terá início no próximo dia 11 de maio, na praia de Itaúna, em Saquarema (RJ).

As novidades são as presenças de Alejo Muniz, Wiggolly Dantas, Miguel Pupo e Mikey Wright. Pupo, Guigui e Mikey vão substituir Caio Ibelli, Joel Parkinson e Kelly Slater, enquanto Alejo recebeu um dos wildcards por ser o atual líder do Qualifying Series.

Já Caio Ibelli sofreu uma fratura no pé durante os treinos em Margaret River, Austrália, e está fora pela segunda prova consecutiva.

A última vaga no Oi Rio Pro será preenchida pelo vencedor da triagem, que reunirá o paulista Thiago Camarão (atual campeão brasileiro), o buziano Eduardo Fernandes (atual campeão estadual do Rio), o carioca Leo Neves (vencedor da seletiva da ASS) e o segundo brasileiro mais bem colocado no QS, o paulista Deivid Silva, já que Alejo foi chamado direto para o evento principal.

Na categoria feminina, as atletas que se credenciaram para a triagem deste ano foram a catarinense Tainá Hinckel (pelo QS), a ubatubense Luana Coutinho (pela ABRASP), a saquaremense Kayane Reis (pela FESERJ) e a vice-campeã carioca profissional de 2017, Taís de Almeida, vencedora da triagem local realizada pela ASS.




Primeira fase do Oi Rio Pro 2018

Filipe Toledo (BRA), Kanoa Igarashi (EUA) e Ian Gouveia (BRA)
2 Jordy Smith (AFR), Tomas Hermes (BRA) e Miguel Pupo (BRA)
3 Owen Wright (AUS), Wade Carmichael (AUS) e Wiggolly Dantas (BRA)
4 John John Florence (HAV), Joan Duru (FRA) e Mikey Wright (AUS)
Gabriel Medina (BRA)Jessé Mendes (BRA) e Alejo Muniz (BRA)
6 Julian Wilson (AUS), Patrick Gudauskas (EUA) e vencedor da triagem
7 Italo Ferreira (BRA), Connor O´Leary (AUS) e Keanu Asing (HAV)
8 Adriano de Souza (BRA), Griffin Colapinto (EUA) e Michael February (AFR)
9 Michel Bourez (PLF), Conner Coffin (EUA) e Yago Dora (BRA)
10 Adrian Buchan (AUS), Sebastian Zietz (HAV) e Ezekiel Lau (HAV)
11 Matt Wilkinson (AUS), Jeremy Flores (FRA) e Willian Cardoso (BRA)
12 Kolohe Andino (EUA), Frederico Morais (POR) e Michael Rodrigues (BRA)

Por Administrador
Compartilhar

Veja também

As finais do Mundial de Surf batem recorde de audiência na história da World Surf League

continue lendo

Mais um dia épico em Regência, 15/09/2021

continue lendo

Medina pensa em pausar as competições em 2022, entenda

continue lendo

Meninas surfam em Regência clássica!

continue lendo

Comentários:

Instagram