Notícias

27/09 14h18

Entrevista e fotos: Bruno Santos em solo capixaba!

Um dos melhores tuberides do mundo visitou o ES, participou de noite de autógrafos e ainda pegou altas ondas

Nesta última sexta-feira, 23/09, tivemos a ilustre presença de um dos melhores tuberiders do mundo aqui no Espírito Santo, o grande atleta da Rip Curl BRUNO SANTOS.

img_8639

Ele foi convidado pela tradicional Loja Cabana, esta que apoia muito o surf capixaba, para uma noite de autógrafos em Jardim Camburi, Vitória.

Bruninho, como é carinhosamente conhecido, aproveitou a visita para surfar duas ondas alucinantes do ES, Regência e a perigosa bancada do D2.

Conseguimos uma entrevista exclusiva com ele sobre sua passagem aqui em Vix e um pouco da sua impressão com o nosso estado. Confiram:

Surfvix: Foi a sua primeira vez ou já conhecia o ES?

Bruno Santos (BS): Eu já conhecia sim, e minha primeira vez aqui foi em uma etapa do Brasileiro profissional no Ulé, o ano eu não tenho certeza, mas acho que uns 12 anos atrás.
Acho que essa é a minha quinta vez no ES.


Surfvix: Qual a sua impressão da galera capixaba e do estado do Espírito Santo?

BS: Cara, o ES é alucinante, a galera aqui curte muito o surf. Sempre fui muito bem recebido! E todos os capixabas que conheci sempre me deram todo suporte, inclusive para surfar e conhecer os melhores picos.
Na verdade eu sempre estive no ES envolvido com algum evento de surf, por exemplo, fui no CineSurf com o Muleta, outra vez no lançamento de um filme da Rip Curl, em campeonato e agora com a noite de autógrafos.


Surfvix: Onde você já surfou no estado?

BS: Já surfei no Ulé, Regência e agora a novidade foi o D2, mas espero muito poder voltar para surfar as outras ondas nos próximos swells.


Surfvix: Sobre a trip que vocês fizeram aqui no ES, como foi?

BS: Então, quando eu marquei essa passagem para o ES, foi um convite da Cabana. E o Beto já tinha vontade de fazer esse tipo de evento (autógrafos) a algum tempo.
O Beto da  Cabana e o fotógrafo Gabriel Henriques, há muito tempo queriam me levar para surfar nessa bancada do D2. Sempre me mantinham informado sobre a chegada de boas ondulações no estado.
E foi muito bacana a trip, a onda realmente é animal, muito boa. Muito buraco e raso.
Como eu já sabia, ela é muito frequentadas pelos Body Boarders, pois tenho muitos amigos que são BB em Niterói, onde moro, que sempre me falavam desse pico.
E era o que eu esperava mesmo, uma onda difícil e muito boa. Lógico que em uma bancada rasa existe um grande risco, mas mesmo assim ela consegue ser totalmente surfável.
Agora estou ansioso aguardando um próximo swell para explorar outros picos.
Ah, uma bancada que eu quero muito conhecer é o Coral do Céu, até porque é uma esquerda, e eu prefiro surfar para esse lado principalmente nesse tipo de onda mais buraco.
Voltando a falar do D2, realmente foi alucinante essa experiência, e a galera que tava lá na água, tinha um crowndzinho de Body Board, estava numa vibe show, todo mundo num clima amigável, dividindo as ondas, se divertindo pra caramba. Foi show de bola! Impressão nota 10.
img_8644
Foto: Gabriel Henriques

Surfvix: Falando em Regência, qual a sua percepção sobre tudo o que aconteceu e das ondas?

BS: Então, já estive em Regência outras vezes, mas infelizmente ainda não dei sorte de pegar ‘’daquele jeito’’ como eu sei que rola. Tanto na Boca do Rio, quanto ali no meio da praia, no Point,  mas com certeza sei que ainda vou pegar.
Agora, sobre o que aconteceu lá foi muito triste, muito triste. Como o próprio Muleta me falou, não foi um acidente ambiental, foi um crime ambiental. Eu acompanhei tudo e aquela situação estava ‘’premeditada’’, todos sabiam que poderia acontecer um desastre a qualquer momento. E senti que as autoridades quase nada fizeram. Ninguém foi devidamente punido, realmente fizeram pouco caso dessa situação.
Tive oportunidade de visitar Regência nessa última viagem e também consegui surfar, apesar do mar não estar muito bom, deu pra pegar umas ondas.
Mas o melhor de tudo foi o contato com a molecada local, pudemos trocar uma ideia e conversar sobre tudo o que aconteceu entre outras coisas. Mesmo sem ter pego os tubos que eu queria, essa visita foi alucinante.
Torço para que tudo volte logo ao normal, principalmente para a população que vive naquela região.
E com certeza, na minha próxima ida ao ES, quero voltar em Regência. Sei que aquela onda é de nível internacional, quero muito poder surfá-la.

pic-8

Surfvix: Como foi a noite de autógrafos?

BS: Foi alucinante! Acho que a galera curtiu bastante, foi muita gente, todo mundo amarradão. A galera capixaba sempre me recebeu muito bem e dessa vez não foi diferente.

img_8638

Surfvix: Agradecimentos:

BS: Cara, tem muita gente para agradecer, sempre fui muito bem recebido no Espírito Santo.
Primeiramente agradeço a galera da Cabana, que me proporcionou a viagem, Beto e Gabriel, meus brothers.
Ao Gabriel Henriques, fotógrafo, que sempre me manda fotos e me mantém informado sobre o swell no ES. Inclusive já tem algum tempo que a gente vem se falando e ele sempre bota maior pilha pra fazer essa trip.
E toda a galera que me recebeu super bem aí, só tenho a agradecer a todo mundo!
Ao Thiago Vieira também, que ficou dois dias com a gente fotografando, foi show de bola.


Surfvix: Que recado você deixa pra galera do SurfVix?

BS: Quero deixar um grande abraço pra todo mundo que acompanha o site do Surfvix e dizer que a galera do Espírito Santo é nota MIL.
Quero agradecer mais uma vez pela recepção e pela vibe de sempre. E agora é só aguardar um próximo swell e uma próxima oportunidade pra voltar e conhecer novas ondas.  Grande abraço aí pra galera toda!

CONFIRAM ABAIXO A GALERIA DE FOTOS DO BRUNO SANTOS EM TERRAS E MARES CAPIXABAS:

Por Administrador
Compartilhar

Veja também

As finais do Mundial de Surf batem recorde de audiência na história da World Surf League

continue lendo

Mais um dia épico em Regência, 15/09/2021

continue lendo

Medina pensa em pausar as competições em 2022, entenda

continue lendo

Meninas surfam em Regência clássica!

continue lendo

Comentários:

Instagram