Notícias

03/08 17h31

SURF E SKATE nas Olimpíadas de Tóquio em 2020

Mais uma vitória para o surf mundial e muitas novidades vem por aí

Surfe, skate, beisebol/softbol, escalada e caratê farão parte do programa olímpico nos Jogos de Tóquio 2020. A inclusão dos cinco esportes foi confirmada por unanimidade nesta quarta-feira pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), durante o congresso da entidade, realizado num hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A lista de recomendações havia sido divulgada pelo comitê executivo em junho.

A inclusão dos cinco esportes faz parte do pacote de reformas iniciadas pelo presidente do COI, Thomas Bach, em dezembro de 2014. A ideia é que os anfitriões dos Jogos tenham a chance de trazer ao ambiente olímpico esportes que sejam mais populares em seus países, com intenção de aumentar a audiência e atrair potenciais patrocinadores. Porém, a decisão de incluir um ou outro esporte vale apenas para a edição da Olimpíada em questão, não havendo garantia de presença na edição seguinte.

olympicpool
A piscina de ondas que faz parte do projeto olímpico de Tóquio para o surfe na Olimpíada de 2020 (Foto: Divulgação)

De acordo com o Comitê Tóquio 2020, a inclusão dos novos esportes resultará no acréscimo de mais de 400 atletas em 18 disputas por medalhas nos Jogos Olímpicos. Quando o processo de inclusão de outras modalidades foi aberto, mais de 200 se inscreveram.

Antes da votação, o presidente do comitê organizador da Olimpíada de 2020, Yoshiro Mori, e o seu diretor-executivo, Toshiro Muto, fizeram um relatório sobre o andamento das ações para os membros do COI.

– Temos a histórica oportunidade em Tóquio de ter a chance de novos eventos e de fazermos os Jogos mais inovadores da história – disse Mori, antes da confirmação da inclusão dos novos esportes.

Ao apresentar a proposta de inclusão, Muto comentou.

– Acreditamos que esses esportes trarão novos elementos aos Jogos, como atrair maior atenção do público jovem pelo mundo.

Vice-presidente do COI, John Coates avisou pouco antes da votação, ao falar sobre o surfe, que o esporte, caso aprovado para a Olimpíada de Tóquio, teria condições de ser disputado no mar. Há um debate sobre a utilização de piscina artificial, como a lançada pelo multicampeão Kelly Slater em maio (confira na imagem acima o projeto de uma piscina de ondas para a Olimpíada de Tóquio).

O ex-presidente da Federação Italiana de Futebol, Franco Carraro, responsável pela lista final de esportes a serem levados para votação, destacou que no caso do beisebol é preciso entrar em acordo com a liga profissional americana, a Major Baseball League (MBL), como ocorre com a NBA no basquete.

– Do contrário, a competição pode ter problemas para continuar no programa olímpico em outras edições. Hoje tratamos somente de Tóquio – disse Carraro, que criticou a ausências dos principais golfistas do mundo na Rio 2016 por causa do receio do vírus zika. – Na minha opinião, essa é uma desculpa ridícula.

2a
Skate e a bandeira olímpica: esporte estará em Tóquio 2020 (Foto: André Durão)

Ele também argumentou que a inclusão dos esportes traria maior interesse dos jovens.

– São competições muito importantes para os jovens. Relembram quando incluímos snowboard em 2002 e foi um grande sucesso, aumentou a audiência de esportes de verão nos Estados Unidos. O skate seria algo parecido com isso nos Jogos de Verão. Estamos certos de que não são esportes tão tradicionais, mas são inovadores e de interesse dos jovens. Os melhores atletas vão participar.

Dos cinco esportes, beisebol e softbol são os únicos que já fizeram parte do programa olímpico – de 1992 a 2008, à exceção do segundo, que ficou fora em Barcelona, em 1992 –, além dos Jogos de 1964, realizados justamente em Tóquio.

Fonte: Globo Esporte

Por Administrador
Compartilhar

Veja também

As finais do Mundial de Surf batem recorde de audiência na história da World Surf League

continue lendo

Mais um dia épico em Regência, 15/09/2021

continue lendo

Medina pensa em pausar as competições em 2022, entenda

continue lendo

Meninas surfam em Regência clássica!

continue lendo

Comentários:

Instagram