Notícias

29/01 14h36

SUP e adrenalina nas corredeiras do Rio Jucu!

Marcos Vidigal, Cláudio Tripa e Josimar Languer botam pra baixo nas ondas de água doce

Texto de Josimar Languer:

Trabalhando desde 2011 no Rio Jucu, onde encontramos todos os níveis de corredeiras para a pratica do rafting indo do nível I ao VI. Em novembro de 2014 tivemos uma chuva muito forte nas montanhas capixaba, onde o Rio Jucu chegou a um nível perfeito para a prática de alguns esportes de aventura, estava tudo fluindo muito bem, pois as próximas chuvas iria manter o nível do rio.

Eu jamais poderia imaginar que era o início de uma crise hídrica, tivemos uma temporada sem chuvas, ruim para nós praticantes de esportes de aventura, e muito delicado para todos que estão nessa região. Como as chuvas não vieram, o rio foi baixando cada vez mais, chegando a um nível tão baixo que paramos com todas as atividades, pois o Rio Jucu não estava navegável.

Não sei exatamente como vai ficar a crise hídrica que estamos passando aqui no Espirito Santo, porém, após tanto tempo de espera, tivemos uma semana bastante chuvosa elevando o nível e  fazendo com que o Rio Jucu voltasse a respirar.

Passei os últimos três dias remando com a galera do Rio Da Montanha. Hoje era pra ser um dia de descanso, mas meu amigo Marcos Vidigal viu uma foto que postei e me ligou as 6:00 convidando para irmos explorar um trecho ainda não navegado. Tomei café, peguei os equipamentos e partimos. No caminho encontramos o nosso brother Cláudio Tripa e fomos pro pico.

O rio nos impressionou bem antes que chegássemos a sua margem, pois ele estava transbordando.
Tivemos que abandonar o carro e seguir remando por onde passaríamos com o mesmo. Logo que chegamos no pico, escolhemos uma pedra como referência. Enquanto equipávamos, observamos que o rio estava enchendo. Ou seja, ele estava ficando cada vez mas rápido, trocamos uma boa ideia e chegamos a conclusão que iriamos remar. Entramos em um remanso e após alguns minutos de remada lá estavam elas, corredeiras nível IV.

Fizemos uma boa análise de segurança, conseguimos enxergar várias linhas navegáveis, eliminamos os prováveis risco e fazendo boas linhas. Quando o esporte e seguro, o momento nunca se perde em nossos pensamentos. Pura vida!

Assistam um pouco dessa aventura no link a seguir:

Por Administrador
Compartilhar

Veja também

As finais do Mundial de Surf batem recorde de audiência na história da World Surf League

continue lendo

Mais um dia épico em Regência, 15/09/2021

continue lendo

Medina pensa em pausar as competições em 2022, entenda

continue lendo

Meninas surfam em Regência clássica!

continue lendo

Comentários:

Instagram