Notícias

04/08 21h23

AVALANCHE: A onda que mostrou Vila Velha para o mundo!

Por Victoria Santos e Marcelo Barros

Foto: Gabriel Henriques/ gh.images. 

Foi no dia 21 de julho de 2019 que a cidade de Vila Velha, no Espírito Santo, entrou para os holofotes do surf mundial.
No dia seguinte do big surf, ‘’Avalanche’’ virou capa dos principais jornais, sites e até stories dos maiores meios de comunicação do mundo.
WSL, Surfline, atletas de todas as nacionalidades etc … todos mencionaram as imagens da galera botando pra baixo no Slab capixaba, hoje considerado um dos mais casca grossa do Brasil.
Tudo começou na previsão das ondas, duas semanas antes, que estava sendo monitorado pela equipe do NXFBodyBoard, desbravadores das bancadas mais ”sinistras” do estado.

Breno Kuster, um dos integrantes da equipe comentou com a gente:
‘’Aquele mar foi a realização de um trabalho no qual corremos atrás há muito tempo. Vínhamos observando esse swell há duas semanas e percebendo que o mar só ganhava força. A partir disso, começamos a chamar a galera. Colocamos uma pilha no Lucas Medeiros, que estava pensando em ir para outra laje, mas o convencemos que Avalanche seria a melhor opção com um swell épico’’

O pico também contou com a presença de outros surfistas além da equipe do NXFBodyBoard como, os capixabas Lucas Medeiros, Rodrigo Cardoso, e os irmãos cariocas Caio Vaz e Ian Vaz.

O CONVITE
Assim como o NXFBodyBoard convocou a galera do ES para o swell épico, Lucas Medeiros não pensou muito e logo de cara organizou uma expedição junto com seus patrocinadores e convocou os irmãos Vaz para o time ficar completo.
Organizei a expedição friamente com os meus patrocinadores e meus amigos Caio e Ian vaz, para que pudéssemos montar uma equipe que tivesse uma ”infra” de resgate e tow-in. Botamos uma estrutura de barco para conseguirmos registrar os melhores momentos, e captar o melhor conteúdo possível’’

O surfista Rodrigo Cardoso estava ciente sobre a expedição, mas não havia se programado para ir. Porém, isso não foi um empecilho para que o surfista também pudesse dropar uma das ‘’Maiores Ondas Já Vistas No Brasil’’. Rapidamente fez seus contatos com alguns responsáveis pela ida ao pico, e ao chegar lá conseguiu dividir o outside com a galera também.

MOMENTO DE MAIOR TENSÃO DO DIA
O capixaba Lucas Medeiros protagonizou o momento mais sinistro da expedição, quando pegou uma das maiores do dia e literalmente foi catapultado lá de cima, numa vaca animal!
Lucas nos contou como foi esse momento:
‘’Aquela situação foi nova para todos, Avalanche é um pico ainda pouco desbravado e daquele tamanho ainda por cima foi algo surreal.’’
E continua: ‘’ O momento mais tenso do dia, acredito que para todos foi a minha vaca, quando voei praticamente, lá de cima e na base da onda fui sugado e tomei um caldo nervosíssimo. Acredito que em toda a minha carreira, de todas as temporadas no Havaí, no Tahiti, esse foi o caldo mais assustador que já vivi. Tive todas as chances de me machucar, mas graças a Deus só quebrei a minha prancha.Todos ficaram preocupados mas o Ian me resgatou a tempo’’.


Rodrigo Cardoso atleta capacitado fisicamente para dropar as bombas, também passou por um momento de alta tensão e nos contou:


Frame: Gabriel Henriques/ gh.images. 

’Confesso que para aquele tipo de condição extrema, era necessária uma preparação a mais do que a minha. Um treinamento forte de apnéia seria essencial, porque o mar estava muito grande’’
Completou dizendo:‘’Quando entrei na onda, vi a massa d’água crescendo, vi que estava um pouco na porta da onda e quis ir reto, cavar e parar para frear e entrar realmente no tubo. Quando fiz isso, a onda começou a quebrar por cima de mim, e acabou me engolindo. Era para ter sido a onda da minha vida mas, acabou sendo o pior caldo. Fiquei muito tempo embaixo d’água, tentei subir 3 vezes e não consegui, pensei até que meus tímpanos iriam estourar devido a profundidade’’

Quem teve um papel importante no resgate de Rodrigo foi Ian Vaz , conseguindo resgatá-lo com rapidez e eficácia.

MELHORES MOMENTOS DO DIA
Tivemos momentos incríveis além do Lucas e Rodrigo que puderam desbravar um pouco do monstro AVALANCHE , como o Caio Vaz que pegou duas bombas, uma delas saindo na baforada em um tubão. Já seu irmão, Ian Vaz pegou uma das maiores ondas surfadas no Brasil e que inclusive repercutiu em todo mundo conforme foto abaixo:

Foto: Gabriel Henriques/ gh.images. 

 

BODYBOARDERS QUEBRARAM
Lucas também comentou que os locais e desbravadores do pico, a equipe NXF, também representou. Eles puxaram alguns de Jet, pois o mar gigante impossibilitava entrar na remada nas maiores do dia.
’Puxamos o Bernardo em algumas ondas e fiquei impressionado também com o Paulo Paulada que se jogou numa das maiores na remada, ele é casca grossa.’’
Breno Kuster conta que no dia anterior ao dia épico, ele, Lucas e Ian foram no pico dar um check para rolar um surf, disse também que o mar estava grande e bem torto, mas a previsão indicava que as condições só iriam aumentar.
‘’Entrei na água para remar mas fiquei intimidado. Não consegui pegar onda justamente porque a formação não estava tão perfeita, o mar estava torto e também só tínhamos um jet para o resgate.’’

No domingo as condições melhoraram bastante em relação ao dia anterior e segundo Breno foi a realização de um sonho surfar em um mar daquele tamanho e principalmente em casa.

Foto: Gabriel Henriques/ Breno Kuster botando para baixo no AVALANCHE.

Mesmo com o mar perfeito para pegar ”a boa do dia” perguntamos para os surfistas o que mais intimidou eles nesse swell . Eles disseram que obviamente foi o tamanho das ondas, algo que eles nunca tinham visto ou surfado antes.

A EMOÇÃO DE REGISTRAR O DIA ÉPICO

Além dos surfistas, os fotógrafos e vídeomakers também fizeram a cabeça na session certamente inesquecível para a história da fotografia aquática. As imagens e vídeos feitos no local, causaram um grande impacto nas mídias sociais, fazendo com que os maiores sites de surf publicassem as fotos do dia. No total tinham 2 vídeomakers e 2 fotógrafos ali presentes no pico.

Um caso que emocionou nós da equipe foi do Gabriel Henriques ( um dos fotógrafos presentes no local), que no ano passado teve a experiência de estar no pico AVALANCHE juntamente com o mestre das ondas grandes Carlos Burle, para realizar uma mega produção contendo fotos e vídeos do surfista. Porém o barco onde seus equipamentos de trabalho estavam virou e ele acabou perdendo TUDO, até o celular. Segundo ele, é um motivo de muita alegria poder retornar ao pico depois de um ano dessa ”tragédia”, e ainda por cima fazer história fotografando a maior onda já surfada no ES, e se bobear, no Brasil:

Foi uma experiência incrível poder vivenciar tudo de novo. Mesmo pelo fato de ter perdido tudo no ano passado, está ali, dando a volta por cima e superando meus limites, é muito gratificante.” Diz Gabriel.

Gabriel  é capixaba, e além de fotografar em outros setores  é especialista quando o assunto é em fotografia aquática. Ele vem se destacando pelas suas belas fotos tiradas no mar, e que em grande parte são fotos de surf ou de ondas incríveis.  21/07/2019 dia que vai ficar marcado na memória do fotógrafo sem dúvidas. Ao tirar a foto de sucesso, Gabriel não tinha percebido que era o Ian que tinha dropado a onda.

Para mim não era o Ian na foto, pensei que fosse o Caio, porque o Ian não ia surfar devido ao seu pé que estava cortado. Quando mostrei a foto para Caio, nas mesma hora ele disse que era o irmão e logo em seguida o chamou para mostrar a imagem. Ian ficou amarradão e disse que com certeza foi a maior onda surfada na vida dele. Nem em Jaws ele pegou uma onda desse tamanho.”

No dia seguinte, ao acordar, suas fotos tiradas no pico estavam nas capas de jornais e nos maiores meios de comunicação do Brasil e também do mundo. E com o belo registro do surfista Ian Vaz dropando a onda no AVALANCHE, Gabriel participa do concurso ”GIGANTES DE NAZARÉ”, no qual vale premiação em dinheiro e um convite para a etapa do Nazaré Challenge, para o fotógrafo que registrar a maior onda surfada no Brasil.

Gabriel Henriques comemora o sucesso de suas fotos.

Por Administrador
Compartilhar

Veja também

FOTOS: 1º Dia da Tríplice Coroa Quebra Onda Profissional em Regência

continue lendo

AO VIVO: Tríplice Coroa Profissional em Regência

continue lendo

11 ANOS DE CINESURF, NESSE FIM DE SEMANA EM REGÊNCIA!

continue lendo

FOTOS: Aquecimento em Regência para a Tríplice Coroa Profissional!

continue lendo

Comentários:

Instagram