Notícias

28/04 15h30

Evite confusão, aprenda as 10 regras básicas do Surf

Separamos alguns pontos importantes para o bom convívio dentro d'água, muita gente surfa e não conhece nem metade das regras

421689_424936200892498_1154612689_n

Pois é, acreditem, muitos surfista, e até escolas e instrutores de surf despreparados, esquecem de frisar a importância das regras e ”etiquetas” do Surf.

Como em qualquer esporte, existem regras e o surf não é diferente. Pelo fato de ser uma atividade individual, mas que precisa ser ”disputada” entre pessoas desconhecidas, a tão desejada ONDA, é que precisamos de uma atenção muito especial a todos esses cuidados e regras que servem para o bom convívio.

Já observamos diversos problemas e até brigas chegando a ”vias de fato” devido a falta de respeito e educação de alguns surfistas.
Mas agora não tem mais desculpas, pois todos praticantes desse esporte maravilhoso  já poderão aprender um pouquinho sobre essas dicas e quem sabe compartilhar com os demais amigos para mantermos o mar como um dos poucos e ótimo refugio para a nossa paz! 🙂
Vamos lá:

Regra #1: O “direito” à onda
IMG_2211-post
A pessoa que está mais próxima do pico/peak (onde quebra) tem a preferência na onda.

Você está remando para a direita e o surfista a sua esquerda também, se a onda quebra mais próximo da outra pessoa, a onda é dela. Caso a onda quebre entre vocês, os dois podem pegá-la em direções opostas.

Vários surfistas experientes andam quebrando essa regra, o que é uma falta de respeito com todos os outros companheiros no mar que estão esperando corretamente sua vez de dropar.
Uma exceção para esta primeira regra é no caso da existência de um “lineup” – uma fila – algo muito comum em point breaks. Nesse caso, independente do posicionamento, o surfista “da vez” tem a preferência da onda.

Regra #2: Don’t Drop In / Não entre na onda do coleguinha
saia
Se alguém esta entrando/pegando a onda, nem pense em ter a cara-de-pau de tentar entrar nela também. Pode haver uma colisão, ou, entre uma manobra e outra, você pode sair ferido.

Olhe para os dois lados antes de dropar, igual ao que se faz antes de atravessar a rua, e não rabeie ninguém que já estiver na onda. Se você dropar na frente de alguém sem querer e perceber, saia da onda.

Regra #3: The Paddling Rules / Na hora de remar (Essa quase todos desconhecem, ou fingem)
mick-fanning-surfe-1
No caminho de volta, depois de pegar uma onda, não reme em direção ao centro do lineup (onde as pessoas estão surfando). A não ser que queria ser vaiado ou atropelado, reme pelo canal onde as ondas não estão quebrando – por fora das ondas, não através do meio delas.

Quando estiver remando para fora (com a intenção de sair da água), não fique na frente de alguém que esteja pegando a onda a menos que vocês estejam muuuito distantes. Você deve ir depois da pessoa que dropou. Você vai apreciar isso na próxima vez que você mesmo estiver pegando uma onda.

O surfista na onda tem prioridade. Se você se encontrar remando em oposição a uma onda com um surfista na sua direção, reme sempre em direção à espuma, se afastando da face limpa da onda, para a qual o surfista se dirige. Não tente atravessar a rota dele! Isto pode significar que você terá de lutar contra a espuma, mas é melhor do que ser atingido por um surfista em alta velocidade. Fique sempre atento ao que está acontecendo ao seu redor.

Se você não é experiente, evite sair remando para fora no meio de um lineup lotado.

Regra #4: Não abandone sua prancha!!
joelhinho murray mitchel
Se você se deparar com uma onda na arrebentação, não largue a prancha e mergulhe sozinho. Dê um “joelhinho” ou “tartaruga”, e na pior das hipóteses, agarre sua bóia.

Isso é importante, especialmente quando o mar estiver lotado, sempre tente manter controle e contato com a sua prancha. Elas são grandes e pesadas, se você deixa-la sair voando por aí, ela vai, eventualmente, acertar alguém.

Regra #5: Don’t Snake / Don’t be a wave hog

Ou seja, não fique se reposicionando para ter o “direito à onda” sobre o surfista vizinho.
Sendo um local ou não, mesmo que você consiga pegar todas as ondas e dar um show, espere sua vez. “Snakes” são extremamente irritantes – além de fazer com que os outros surfistas não tenham mais respeito por você. Isso também se aplica muito aos longboarders, kayakers, e stand up paddlers.

Regra #6: Conheça seus limites
maxresdefault
Conheça seus limites e não entre em condições de mar fortes demais para você. Observar o mar durante alguns minutos antes de entrar é uma prática muito saudável e pode evitar vários problemas. Sem ideias “suicidas” com fim de impressionar a/o paquerinha que está assistindo.

Surfistas iniciantes devem ficar no inside (mais próximo da praia), até saberem que já tem a habilidade suficiente para surfar no outside.

Regra #7: Tente conhecer um pouco a natureza

Ao surfar, você vai lidar com elementos da natureza cuja interferência sobre o mar é total: a direção do vento, a formação de ondas, valas, correntezas, direção de ondulação, os animais entre outros. É fundamental que o surfista tenha conhecimento desses conceitos. Pode evitar que muita coisa dê errado, e até proporcionar o conhecimento para saber onde estão as melhores ondas!

Regra# 8: Give respect to gain respect / Respeito gera respeito

Respeite os outros, para ser respeitado. Siga essa simples “etiqueta” e seja educado com os desconhecidos ao seu redor. Eles lhe retribuirão a gentileza.

Os moradores que vivem em áreas residenciais perto da praia também merecem o seu respeito. Quando ainda estiver em terra, não dirija de forma imprudente. Evite a famosa “farofa” na praia, isso é: som alto na areia, brigas, lixo, falta de educação, e coisas do tipo – todos nós conhecemos bem.

Regra #9: Cuide bem da praia!
image
Não a suje, simples assim. Coloque o seu lixo no lixo e, se puder, o que encontrar largado pela areia e mar – mesmo que não seja seu. Em caso de ausência de lixeiras na praia, leve-o com você, tenha bom senso e educação.

Regra #10: If you mess up / Se você quebrar alguma das regras

Ninguém realmente declama no surf as regras de etiqueta, mas se você falhar e dropar ou atrapalhar acidentalmente a onda de alguém, uma desculpa rápida é apreciada – e ajuda a reduzir a tensão nos line-ups. Você não tem que rastejar aos pés de ninguém… bem, a menos que você tenha feito algo realmente horrível. Honestamente, avacalhar a onda de alguém e simplesmente ignorar o ocorrido, é ridículo e pura falta de educação.
andy-irons-ocean-photography-rest-in-peace-surf-water-Favim.com-55041

Por Administrador
Compartilhar

Veja também

Vídeo: Altas ondas em Melbourne com Matheus Herdy, Joel Parkinson e equipe!

continue lendo

Vídeo: As notas 10 mais incríveis do circuito Mundial de Surf!!!

continue lendo

Vídeo: E você, tem um propósito nessa vida?

continue lendo

Vídeo: Marrocos 2020, com Rafael Teixeira destruindo as ondas!

continue lendo

Comentários:

Instagram